Alex e Niki continuam perdidamente apaixonados um ano depois de voltarem da viagem à ilha Blu onde, entre juras de amor eterno, viveram dias inesquecíveis. Ao voltar, Alex começa a pensar sobre a possibilidade de pedir Niki em casamento, só que ele não faz a menor ideia de como vai fazer isso! Entre o estranhamento da volta à realidade e os sentimentos intensos de amor e paixão, Niki e Alex percebem que, diante de novos desafios, poderão ter de enfrentar uma difícil pergunta: O amor pode durar para sempre?















 Informações

Páginas: 416 páginas
ISBN: 
9788576655619
Editora: Planeta
Nº de Edição: 
1
Publicação: 
2010



RESENHA


Desculpa, quero me casar contigo é continuação do livro Desculpa se te chamo de amor. Que eu já fiz a resenha AQUI.

Eu até gosto do Federico Moccia, é sério. Mas o problema é que os livros dele têm páginas de muita  enrolação e isso enjoa. E acabou acontecendo a mesma coisa que eu comentei na outra resenha. Eu tive que parar de ler um tempo porque dava overdose de Niki e Alex - ou a falta deles dois.

Porque o livro também foca em todos os outros personagens e acaba que a Niki e o Alex ficam perdidos por aí.

Enfim...

O livro se passa 1 ano depois deles terem voltado da Ilha Blu.

Em meio a todos os acontecimentos na vida dos dois. Niki entrando na faculdade, fazendo novos amigos, novas descobertas. Alex de volta ao trabalho e cheio de projetos, ele  acaba achando que está na hora de dar um passo a frente ao relacionamentos deles e resolve fazer o pedido.

Achei péssimo e forçado até eu ler a parte do pedido. Hahaha

Mas enfim, ele resolve então fazer um pedido no estilo conto de fadas. Que apesar de eu achar precipitado pela história dos dois, faria qualquer uma aceitar. Foi lindíssimo.

E chega uma das partes mais legais do livro, que são as duas famílias se conhecendo. Foi uma das partes mais divertidas.

E claro, você vai saber um pouco sobre a história de todos os amigos do Alex. Separações, traições. Esse livro teve foco total em histórias que deveriam ser secundárias.

E sem deixar de lado as Ondas. Já que também vem surpresas por aí maaas não vou contar o que é.

É difícil fazer a resenha sem soltar os devidos spoilers. Mas o livro é bem fraco comparado ao primeiro. Muita enrolação, muito foco em histórias que não são dos protagonista.

O livro foi bem estilo Moccia, cheio de parágrafos desnecesários e páginas que muito bem poderiam ser cortadas.

Gostei de uma frase que vou compartilhar com vocês - É da Niki sendo fofa. Hahaha

  "Mas você me deu um sonho que supera qualquer realidade.


Boa leitura!


Deixe um comentário